termostato

Ajustando o termostato

Publicado por | Sem categoria | 3 Comentários

agua

Quem saiu para a rua durante o domingo ensolarado dificilmente não deve ter reparado na quantidade de pessoas praticando atividades físicas ao ar livre. O dia, que amanheceu amarrado, mudou completamente a partir do meio-dia, quando o sol brilhou forte e levou embora a alta umidade que incomodou quem acordou cedo para treinar – meu caso.

A sensação de desgaste foi nítida nos primeiros cinco quilômetros. Fiquei pensando: daqui pra frente, inicia a época de tortura pra quem sofre com as corridas no calor. E vamos combinar: o Rio Grande do Sul é tinhoso para acelerar nos meses mais quentes. A partir de novembro, aqueles que elegem o horário do almoço para rodar devem redobrar os cuidados com o desgaste físico. Passar do ponto é bem fácil – e pode ser bem danoso ao organismo.

Lendo sobre o assunto, achei uma matéria bem interessante na excelente revista O2 Por Minuto, que alerta para os perigosos reflexos da pane no nosso termostato interno: acima de 5ºC da normalidade corporal, há um “cozimento” das proteínas celulares. Num limite extremo, o cérebro é o órgão mais afetado. Cãimbras, náuseas, vômito, tontura, desmaios e até falência cardíaca estão na lista de problemas.

Nunca esqueço do fatídico ano de 2012, quando um atleta de revezamento caiu na minha frente, passando mal na Travessia Torres-Tramandaí (TTT), quando o sol castigava a gauchada na beira da praia após o meio-dia, com uma sensação térmica de mais de 40 graus à sombra – no sol, os miolos pareciam fritar. Nunca vou esquecer das feições dele, que além de desmaiar, vomitava sangue, desidratado. Por sorte, ele se safou dessa, resgatado por uma ambulância.

Para quem quer entender um pouco mais – até porque creio que conhecimento técnico é primordial para qualquer bom corredor –, sugiro ler a matéria clicando aqui.

Normal que a empolgação aumente nessa época (quando todos querem correr atrás do preju de meses enchendo o pandulho em casa no inverno), mas o ideal é ir com parcimônia nos treinos mais intensos nos dias escaldantes.